Acessibilidade

Com novas ferramentas promocionais, Amazonastur apresenta potencial turístico amazonense em Buenos Aires

A diretoria da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) vai apresentar em Buenos Aires, na Argentina, as novas peças promocionais dos atrativos turísticos do estado durante a Feira Internacional de Turismo da América Latina (FIT), entre os dias 5 e 8 de outubro. O objetivo é aumentar o fluxo de turistas argentinos no estado.  O evento é um dos maiores do segmento da América Latina e reúne os principais operadores do trade do mundo.
 
Conforme levantamento do Departamento de Estatística da Amazonastur, em 2018, o Amazonas recebeu 2.262 turistas, sendo que 56% dos visitantes estiveram em solo amazonense a lazer e 34% a negócios/trabalho. A proposta da empresa pública é aumentar o número de visitantes para os próximos anos, uma vez que o turista argentino é amante do turismo de praia e de natureza. 
A convite do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), a Amazonastur promoverá todo o potencial turístico amazonense com as novas ferramentas digitais implementadas pelo órgão, como o Guia Digital Turístico, que contém um resumo de todos os segmentos do turismo do Amazonas e potenciais de cada município.
A proposta do guia é eliminar o papel que era levado para as principais feiras internacionais do mundo, o que atende as exigências ambientais. O único papel que será utilizado pela Amazonastur será o reciclável para a confecção do novo mapa turístico.
 
 
A feira
Conforme a Embratur, a FIT se posicionou como uma das feiras de turismo mais importantes do mundo e a maior da América Latina. Realizada desde 1996, o evento reúne protagonistas do setor turístico e tem como objetivo contribuir na renovação e inovação das ofertas e tendências do setor. 
O evento oportuniza, ainda, a geração de novas relações comerciais, apresentação de novidades, potencialização e divulgação das imagens de destinos e produtos, bem como consolidação de redes de relacionamento no mercado internacional.

Reportar Erro