Amazonastur lança nova identidade visual para celebrar 21 anos de atuação

A nova marca tem como base de inspiração três pilares: o desenvolvimento, a ancestralidade e a conectividade

Arquivo Amazonastur

Com a proposta de inovar e trazer um conceito de rápida identificação, a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) apresenta sua nova identidade visual. A mudança gráfica celebra o aniversário de 21 anos da instituição, que atua em nome do Governo do Estado, para promover o destino Amazonas num formato diferenciado, competitivo e sustentável visando o desenvolvimento turístico da região.

“Ao longo desses anos, a Amazonastur tem investido em ações de fomento ao turismo, principalmente na gestão do governador Wilson Lima, em capacitação, ordenamento, divulgação e infraestrutura, na busca da excelência para os produtos e serviços turísticos. A nova identidade visual celebra a consolidação do nosso trabalho e enaltece as nossas raízes culturais, históricas e naturais”, declara o presidente da Amazonastur, Ian Ribeiro.

O novo símbolo tem como base de inspiração três pilares fundamentais: o desenvolvimento, a ancestralidade e a conectividade. Juntas, elas desenham os traços da logo transmitindo a sensação de fluidez, fácil produção e aplicação, além de rápida leitura.

Para este projeto, a Amazonastur se inspirou no ciclo da borracha na Floresta Amazônica, representado pelas linhas do logo, que remetem aos cortes dos seringueiros. O ciclo da borracha marca o desenvolvimento econômico do Estado. Além disso, a identidade dos povos originários está presente na arte com os traços geométricos que remetem às escamas do peixe, remontado a ancestralidade e a cultura indígena.

Para representar o lado urbano do turismo, a Ponte Jornalista Phelippe Daou, mais conhecida por Ponte Rio Negro serviu de inspiração com seus cabos se assemelhando aos traços do logo, transmitindo fluidez e conectividade. A harmonia da composição e a continuidade dos elementos tornam a logo de fácil aplicação, lembrando também o símbolo do Wi-Fi.

“Além da logo, o manual de identidade visual conta também com elementos de apoio que remetem aos principais atrativos turísticos de diversos municípios como Parintins, Rio Preto da Eva, Maués e entre outros representados iconograficamente”, acrescentou o diretor de arte da Amazonastur, Gabriel de Andrade.

Além de Andrade, também participaram do processo de criação os designers Karla Cavalcante, Clark Sousa e Nataly Lima, sob a coordenação da então chefe de comunicação da empresa, Anayra Benevides.

A nova identidade visual da Amazonastur já pode ser conferida na rede social oficial. Siga o instagram @amazonastur.

Ao longo de 21 anos de ações voltadas para fomentar o turismo, a Amazonastur tem firmado parcerias e investido em projetos com foco no desenvolvimento sustentável do setor e consolidação do segmento como matriz econômica do Amazonas.

Conquistas para celebrar
Entre os principais projetos estão o lançamento da ferramenta tecnologia Amazonas To Go, que já alcança 13 municípios oferecendo informações fáceis e seguras sobre hospedagem, restaurantes, guias credenciados e demais informações úteis ao turista, por meio de um chatbot que redireciona para o Whatsapp.

Lançou, ainda, o programa Brilha Amazonas, que tem o objetivo de gerar energia limpa nas comunidades que têm o turismo como fonte de renda. Até agora, mais de 500 painéis foram entregues em dez municípios.

Investiu no Plano de Ordenamento Turístico (POT), com ações voltadas para a formação do produto turístico, sensibilização ambiental, capacitação e qualificação ao turismo e apoio em projetos sociais nas comunidades indígenas Cipiá e Tatuyo, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Puranga da Conquista, e Tuyuka e Diakuru, na RDS do Tupé.

Elas também receberam, no início deste ano, quatro terminais fluviais para melhorar o embarque e desembarque de turistas na região. Ao todo, 24 famílias foram beneficiadas, alcançando cerca de 120 moradores.

Promove o Workshop Turismo Sustentável no Amazonas que visa engajar ainda mais os profissionais nas mudanças positivas e boas práticas da atividade turística, através da troca de experiências entre os diversos setores da economia, buscando o desenvolvimento social e econômico do turismo local.

Presente na maior manifestação folclórica a céu aberto do mundo, a Amazonastur coordena o Turistodromo que virou ponto de parada obrigatória para os turistas com atendimentos e serviços sobre o evento.

O espaço instalado na praça da Catedral de Nossa Senhora do Carmo tem ajudado nos resultados surpreendentes do Festival de Parintins.

Com uma superestrutura, o Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques (CCAVV), administrado Amazonastur, tem atraído cada vez mais feiras e congressos nacionais e internacionais de vários segmentos, ajudando a movimentar a economia e o turismo no estado.